Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Seti e universidades estaduais reforçam campanha de arrecadação de donativos para vítimas das fortes chuvas

Ensino Superior

Seti e universidades estaduais reforçam campanha de arrecadação de donativos para vítimas das fortes chuvas

Em função do grande número de atingidos pelas fortes chuvas dos últimos dias, em diversas regiões do Paraná, o secretário João Carlos Gomes pediu o apoio e mobilização das universidades estaduais para que a comunidade acadêmica realize ações para arrecadar donativos para as vítimas das enchentes. Inclusive, na sede da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior também estão sendo coletadas doações.

Em função do grande número de atingidos pelas fortes chuvas dos últimos dias, em diversas regiões do Paraná, o secretário João Carlos Gomes pediu o apoio e mobilização das universidades estaduais para que a comunidade acadêmica realize ações para arrecadar donativos para as vítimas das enchentes. Inclusive, na sede da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior também estão sendo coletadas doações.

“Estamos envolvendo os professores, alunos e agentes das nossas universidades em uma grande ação de solidariedade. É muito importante que as pessoas façam doações para atendimento às vítimas das enchentes e aos desabrigados. São 55,5 mil pessoas atingidas, em 101 municípios paranaenses e precisamos ajudar”, disse.

O governador Beto Richa decretou, nesta segunda-feira (09), situação de emergência em 77 municípios paranaenses. De acordo com a Defesa Civil, até esta manhã, 7530 pessoas estavam desalojadas e 2436 desabrigadas.

Segundo o Instituto Meteorológico Simepar, vinculado à Seti, em algumas regiões como Cascavel e Guarapuava, choveu nos últimos três dias, três vezes mais do que a média para todo o mês de junho. O diretor do Simepar, César Beneti, explica que os estragos tiveram esta proporção devido a uma frente fria estacionária que atingiu, principalmente o leste e oeste do estado. “Esta frente fria que atuou no estado no período de quatro dias, provocou a ocorrência de chuvas contínuas que acabaram causando os maiores prejuízos. Choveu muito em um curto espaço de tempo. Mas a boa notícias é que as fortes chuva devem dar uma trégua esta semana, o que vai contribuir para o trabalho de atendimento e reconstrução realizado pela Defesa Civil. Na quarta e quinta-feira uma nova frente fria chega ao estado mas causando apenas queda nas temperaturas. Há previsão de chuviscos ocasionais para o leste. Já no oeste o tempo fica mais firme, sem previsão de chuva”, destacou.

Todas as universidades estaduais estão com pontos de coletas de doações, principalmente de higiene e material de limpeza. Algumas organizaram estratégias diferenciadas para envolver toda a comunidade acadêmica para atuar de acordo com as suas possibilidades no atendimento às necessidades de cada região.

Unicentro - A Universidade Estadual do Centro-Oeste do Paraná, forneceu 300 kg de álcool em gel para a Defesa Civil. O produto será utilizado nos abrigos da cidade para evitar contaminações, principalmente devido à falta de água. O álcool em gel da Unicentro é produzido no Campus Cedeteg, em Guarapuava, a partir de bebidas apreendidas pela Receita Federal e doadas à universidade. No Campus Santa Cruz foi montada uma unidade para arrecadação de doações, que serão repassadas à Defesa Civil, que dará encaminhamento aos produtos doados. Diversos professores, agentes universitários e acadêmicos têm atuado nos abrigos da cidade e em locais afetados pelas fortes chuvas.

Tendo em vista que a região de abrangência da Unicentro está com diversos municípios em estado de emergência, a Unicentro teve que suspender as atividades administrativas e pedagógicas desta segunda, dia 9, em todos os seus campi. Na terça-feira (10), retornam as atividades administrativas, mas não haverá aulas. A previsão é de que as atividades normalizem na quarta (11).

UEPG - A Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) se integra à rede de solidariedade que se forma em todo o Estado para socorrer os desabrigados pelas fortes chuvas registradas no final de semana em várias cidades paranaenses. As doações arrecadadas dentro da campanha do agasalho, já em andamento, também serão direcionadas para a Defesa Civil. A comunidade universitária poderá colaborar, doando colchões, cobertores, roupa de cama, fraldas, água, materiais de higiene e de limpeza, roupas e cestas básicas. As doações podem ser deixadas nos Setores de Conhecimento, no Campus Central e Campus Uvaranas, ou diretamente na Seção de Assistência e Promoção Social, na Pró-Reitoria de Recursos Humanos (Prorh), Bloco da Reitoria (Campus Uvaranas). A Prorh fará o encaminhamento à Defesa Civil do Estado.

UEM - A Universidade Estadual de Maringá está recebendo doações que serão encaminhadas para os desabrigados. Podem ser doados materiais de higiene pessoal e de limpeza. A entrega deve ser feita na Prefeitura do câmpus da UEM, que fica no bloco 102. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone (44) 3011-4270.